Logo Souza Facebook

História

Inicialmente atuando com o nome de Souza & Nakid, a empresa nasceu em 1969 numa pequena casa que servia de oficina, em Itapuí, interior paulista. A partir de 1973, já como Souza & Cia, a empresa investiu em instalações, equipamentos e na diversificação do seu mix.

 

Desde então, a Souza & Cia. se destaca no mercado, sendo líder na fabricação de quadros e artigos escolares e de papelaria em madeira.

 

Foto aérea Souza

Nossos Valores

  1. Respeito à dignidade humana e à natureza;
  2. Certeza de que cada um na organização é essencial para a mesma; todos têm sua importância, todos são responsáveis;
  3. Os relacionamentos entre gestores e colaboradores deverão ser pautados por princípios éticos, de honestidade, justiça e responsabilidade, o mesmo devendo ocorrer nos relacionamentos entre os vários colaboradores.
  4. Todos devem esforçar-se para o melhoramento e aperfeiçoamento contínuo de si mesmo e da organização;
  5. A razão da organização está fora dela, no cliente. Todos na organização devem colaborar e trabalhar para que o cliente tenha suas necessidades satisfeitas plenamente.

Visão e Missão

Visão

Ser a primeira empresa no mercado de quadros escolares e artigos em madeira para papelaria e estar entre as 3 maiores nos mercados de artefatos de madeira e mobiliário escolar.

 

Missão

Contribuir para o desenvolvimento e a qualidade de vida das pessoas, através de soluções para o dia a dia.

Responsabilidade Social

Madeira de reflorestamento

Para a Souza & Cia, a consciência do contexto social e cultural na qual está inserida é a mais correta tradução de Responsabilidade Social.

 

A Souza conduz seus negócios segundo esta consciência, tornando-a co-responsável pelo desenvolvimento social. Assim, o público englobado ultrapassa os clientes, abrangendo também colaboradores, fornecedores, consumidores finais, a exploração responsável do meio-ambiente e a comunidade em geral.

 

A responsabilidade social tem como base principal a Ética, que tem se expressado pelos valores adotados pela Souza nos seus 37 anos de existência.

 

Acreditamos que não há Responsabilidade Social sem ética nos negócios; é preciso haver coerência entre ação e discurso.

 

Antes, bastava às empresas oferecerem bons produtos e tratar de forma ética parceiros e fornecedores para obter uma boa imagem.

 

Hoje, além de gerar empregos, pagar impostos e obedecer a lei, também devem contribuir com o desenvolvimento de uma sociedade mais justa.

 

A construção de um país melhor exige que o setor privado esteja engajado, não apenas nos seus próprios negócios, mas com atuação voltada para a comunidade da qual faz parte.Essa visão abrangente fortalece o conceito de cidadania empresarial, e tem levado a Souza a se preocupar com os impactos de suas atividades, não apenas no âmbito econômico, mas também no político e social.

 

Assim, a Souza está plenamente motivada a trabalhar fortemente a questão social, pois, acredita que ..."esse projeto surge num momento em que o Brasil encontra-se mergulhado no desafio de cumprir uma agenda de crescimento econômico e, ao mesmo tempo, de eliminar o inaceitável déficit social."

 

(F.Cunha.-Notícias No. 119- Rev. Mensal Fiesp/Ciesp).